RS divulga comorbidades elegíveis para adolescentes de 12 a 18 anos receberem a vacina da covid

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) passou a incluir todos os adolescentes de 12 a 17 anos portadores de comorbidades no Plano de Vacinação contra a Covid do Rio Grande do Sul.

A pasta justifica sua decisão com base no fato de que adolescentes da faixa etária citada, com comorbidade, compõem um grupo populacional com risco para agravamento do quadro clínico e letalidade para a doença. Além disso, pontuou que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o uso da vacina da Pfizer em pessoas de 12 anos a 17 anos, tendo em vista que os estudos indicaram a segurança e eficácia do imunizante para este público, assinalou a SES no informe técnico divulgado nesta quarta-feira (21).

O documento detalha ainda que deve ser respeitado o prazo máximo de 12 semanas entre a primeira e a segunda dose. Sendo que a segunda não deve ser aplicada antes de 10 semanas. De acordo com a SES, o objetivo é não comprometer a aplicação de doses destinadas para primeira aplicação.

Veja a lista de comorbidades elegíveis para imunização dos jovens*

  1. Obesidade grave
  2. Pneumopatias Crônicas Graves (asma)
  3. Outros imunodeprimidos (doença congênita/rara /genética/autoimune, neoplasias ou outras condições que prejudiquem a resposta imunológicas no momento atual (em tratamento), cardiopatias congênitas com consequências sistêmicas, doenças reumatológicas com uso de medicamentos imunossupressores, pessoa vivendo com HIV, neoplasias ou doenças hematológicas em tratamentos ou que justifiquem imunossupressão)
  4. Hemoglobinopatia grave (doença falciforme ou talassemia maior)
  5. Doença cardiovascular
  6. Doença neurológica crônica
  7. Diabete Mellitus

* Para todos os casos, é pedido atestado médico ou receituário  do medicamento utilizado.

 

 

fone Gaúcha/ZH

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *