Depois de 40 dias, obras da Ponte do Amorim serão retomadas nesta quarta-feira

A obra de construção da Ponte do Amorim, na Rua Conde de Porto Alegre, terá prosseguimento nesta quarta-feira (29), quando a empresa Ledur, responsável pela obra, colocará as 7 vigas na estrutura. Para a colocação das vigas, será necessário o desligamento da energia por parte da RGE. Conforme a concessionária de energia, foi instalada uma chave de manobra antes da ponte, possibilitando que a energia de poucos clientes fosse desligada. O desligamento, que afetará 33 pontos, ocorrerá das 8h às 17h, pois cada viga leva cerca de uma hora para ser colocada.

O DVS também ficará sem energia da RGE, mas usará o seu gerador para manter ligada a geladeira de vacinas e os computadores da Epidemiologia. Os telefones do DVS não estarão funcionando neste período.

Depois de erguidas as vigas, a empresa responsável pela obra deverá colocar o tabuleiro e concretará a pista de rodagem e a passarela de pedestres. Após esses passos, deverão restar apenas alguns detalhes para a conclusão da obra, como o acabamento, colocação de guarda-corpos e limpeza do espaço. Depois da conclusão da concretagem, a Ponte deverá ficar interditada por 21 dias, tempo de cura do concreto, para depois ser liberada para o tráfego de veículos. Conforme informações da empresa, a mesma não deverá deixar a obra antes da conclusão da mesma.

Converse com a Fandango