Reitor da UFSM alerta Cachoeira que faltam R$ 11 milhões para conclusão do Campus

O prefeito Sergio Ghignatti, acompanhado do Diretor do Campus da UFSM Cachoeira do Sul, Rogerio Brittes, participou nesta quinta-feira (23) de uma videoconferência com o Reitor da UFSM, Paulo Burmann, com o Pró-Reitor de Planejamento, Joeder Campos Soares, o Assessor do Gabinete do Reitor, Frank Leonardo Casado, e o Coordenador Administrativo do campus, Charles de Almeida Ferreira.

Os representantes da Universidade expuseram ao prefeito a necessidade de suplementação orçamentária para a conclusão de obras no campus de Cachoeira. Conforme informações da UFSM, o levantamento dá conta de que são necessários 6 milhões e meio para obras de infraestrutura e cerca de 5 milhões para aquisição de livros e equipamentos.

Assim que a videoconferência foi encerrada, o prefeito Sergio Ghignatti realizou uma ligação para o promotor de justiça João Ricardo Tavares, coordenador da comissão pró-UFSM, para que o mesmo convoque a comissão com a finalidade da mesma se engajar nesse movimento a favor da suplementação orçamentária. O prefeito também contatou, via telefone, o Deputado Federal Giovani Cherini, atual coordenador da Bancada Gaúcha no Congresso Nacional. Na oportunidade, Ghignatti solicitou a destinação de uma emenda de bancada que contemple os cerca de 11 milhões necessários para a UFSM em Cachoeira, além de solicitar uma emenda do Deputado para ser destinada ao campus local.

Conforme informações do Diretor Rogério Brittes, essa videoconferência também será realizada com a Câmara de Vereadores de Cachoeira do Sul.

 

Converse com a Fandango