Comitiva buscam em Porto Alegre uma solução para Rodoviária

O prefeito Sergio Ghignatti, acompanhado do Procurador Jurídico, Leonel Slomp Gonçalves e o vereador Gilmar Dutra Vieira, esteve em Porto Alegre na manhã desta segunda-feira (13) em busca de solução para o empasse que envolve o possível fechamento da Estação Rodoviária de Cachoeira do Sul. O grupo se reuniu com diretores e gerentes da Planalto e da Unesul. De acordo com Ghignatti, as empresas colocaram a sua garagem, que fica na esquina da Rua Bento Gonçalves com Marcelo Gama, à disposição para ser um ponto de embarque e desembarque de passageiros, caso os administradores da Rodoviária confirmem o seu fechamento. O ponto estará disponível inclusive para as demais empresas de ônibus. “Eles nos garantiram que não haverá interrupção na prestação dos serviços”. O prefeito explicou que a Planalto e a Unesul também estão abertos a negociação das dívidas anteriores que a Rodoviária possui e que pode voltar a prestar o serviço dentro da Rodoviária, desde que o repasse de 89% do valor de cada passagem seja feito dentro dos prazos estabelecidos. “Foi uma conversa muito boa. Eles estão dispostos a ajudar e a abrir as portas da empresa para atender os passageiros, se for necessário. Isso é excelente, já que podemos ficar tranquilos que todos os horários de ônibus ficarão garantidos e os passageiros terão um ponto para o embarque e desembarque”, explicou Ghignatti. Se o ponto de embarque e desembarque for na garagem da Unesul e da Planalto, o valor da passagem terá 11% de desconto, já que este é o valor que fica para a Estação Rodoviária para a prestação do serviço.

Converse com a Fandango