Covid-19 circulou no Brasil antes do Carnaval diz estudo da Fiocruz

Um estudo liderado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) apontou, que o novo coronavírus começou a se espalhar pelo Brasil por volta da primeira semana de fevereiro, mais de 20 dias antes do primeiro caso ser diagnosticado pelas autoridades de saúde no final daquele mês

O primeiro caso confirmado de Covid-19 pelo Ministério da Saúde foi registrado em 26 de fevereiro, em um passageiro que retornou da Itália para o Brasil. O estudo da Fiocruz, no entanto, aponta que o vírus já circulava pelo país mesmo antes do Carnaval, que ocorreu de 22 a 26 de fevereiro.

Segundo o estudo do Instituto Oswaldo Cruz, que utiliza uma metodologia estatística de inferência a partir dos registros de óbitos, o vírus responsável pela doença respiratória Covid-19 já circulava pelo país 40 dias antes das primeiras confirmações oficiais de transmissão comunitária, em 13 de março.

Dados de hospitalização por sintomas respiratórios agudos graves (SRAG) apoiam a estimativa de que a transmissão local da Covid-19 começou no início de fevereiro, uma vez que o número de internações encontra-se acima do observado em 2019 desde meados de fevereiro de 2020, de acordo com a Fiocruz.

“Esses dados epidemiológicos confirmam a introdução do Sars-CoV-2 no Brasil desde o fim de janeiro e claramente sustentam nossos resultados, que apontam que o vírus estava circulando na população brasileira desde o início de fevereiro”, disse o pesquisador do Laboratório de Aids e Imunologia Molecular do IOC/Fiocruz, Gonzalo Bello, coordenador da pesquisa, em nota divulgada pela Fiocruz.

 

 

 

 

fonte CNN Brasil

Converse com a Fandango