Sem clareza nos indicadores, Governo Leite não sabe quando irá permitir reabertura do comércio no Estado

Sem se comprometer com prazos e afirmando trabalhar apenas com “evidências científicas”, o governador Eduardo Leite voltou a reforçar, em coletiva nesta quarta-feira, que a determinação para a reabertura do comércio só irá acontecer quando o governo tiver “clareza” que os indicadores apontam uma segurança na estruturação do sistema de saúde pública. Entretanto, disse que decisão sobre o fechamento dos serviços considerados não essenciais não deve durar até junho – quando o Ministério da Saúde projeta o pico da pandemia de Covid-19 no país.

“Não trabalhamos com a hipótese de comércio fechado até junho”, disse Eduardo Leite sem apontar se o decreto será prorrogado ou não. “Estamos estruturando toda a retaguarda hospital, incrementando até 60% o número de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) do Sistema Único de Saúde (SUS) para garantir que tenhamos estruturas para atender os casos”, afirmou o governador em live transmitida pelo Facebook.

Converse com a Fandango