Estado recebe lote de kits para testagem de coronavírus

A Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul confirmou, no início da tarde desta quinta-feira (2), o recebimento do lote de kits para testagem de coronavírus. O número exato recebido ainda não foi confirmado pela pasta, mas a expectativa é de que estejam incluídos os 32,3 mil testes que o governo federal prometeu enviar ao Estado nesta semana.

Entre o material prometido pelo Ministério da Saúde há 28,9 mil testes rápidos, que oferecem o resultado em até 20 minutos. Esse formato de teste, no entanto, só deve ser usado após o sétimo dia de sintomas. Ele indica se o paciente já contraiu o vírus e está imune ou se o vírus está no período latente da doença. O uso será voltado a servidores das áreas da saúde e da segurança. Com isso, haveria a possibilidade de que os trabalhadores afastados desses setores possam voltar mais rápido ao trabalho.

O restante do lote previsto para o Rio Grande do Sul tem 3,3 mil testes de biologia molecular, destinados aos pacientes internados. Essa técnica permite a identificação da presença do vírus no início da doença. O Estado está seguindo o protocolo de só testar pessoas que estejam internadas. As demais não são testadas e têm recomendação de isolamento domiciliar por 14 dias.

Ao todo, o Ministério da Saúde vai receber e encaminhar aos Estados mais 4,5 milhões de testes rápidos, que serão entregues nas próximas semanas. O material foi adquirido pela empresa Vale e doado à pasta.

 

 

fonte Gaúcha/ZH

Converse com a Fandango