Prefeito pede para que comércio e serviços não essenciais fechem as portas

O prefeito Sergio Ghignatti decidiu, em reunião com o secretariado nesta manhã, que devem ser fechados comércio e serviços que não sejam essenciais. O Decreto que oficializa essa decisão será publicado oficialmente amanhã, mas o prefeito pediu a sensibilidade dos empresários para que liberem seus funcionários ainda hoje. Devem ficar abertos apenas comércio e serviços essenciais, que estarão listados no Decreto.
Com informaçōes da Assessoria de Imprensa  da Prefeitura de Cachoeira do Sul
Converse com a Fandango