Cachoeira tem primeiro caso suspeito de Coronavírus. Mulher esteve na Europa

Cachoeira do Sul registrou, nesta quinta-feira (12), seu primeiro caso suspeito de COVID-19. Trata-se de uma mulher que esteve recentemente na Europa. Uma médica da rede particular  notificou a secretaria municipal da Saúde, após uma consulta. Depois, foi recomendado o isolamento domiciliar.

A equipe de Epidemiologia do Município foi até a residência da paciente e realizou a coleta para exame de COVID-19. A amostra foi conduzida para o LACEN em Porto Alegre. “Não existe motivos para pânico na população, mas sempre é importante lembramos sobre a prevenção”, enfatiza o secretário municipal da Saúde Roger Gomes da Rosa.

 

orientações

• Lave as mãos com água e sabão ou higienizador à base de álcool, para matar vírus que podem estar nas suas mãos.

• Evite tocar nos olhos, nariz e boca. As mãos tocam muitas superfícies e podem ser infectadas por vírus. Uma vez contaminadas, as mãos podem transferir o vírus para os olhos, nariz ou boca. A partir daí, o vírus pode entrar no corpo da pessoa e deixá-la doente.

• Certifique-se de que você e as pessoas ao seu redor seguem uma boa higiene respiratória. Isso significa cobrir a boca e o nariz com a parte interna do cotovelo ou lenço quando tossir ou espirrar (em seguida, descarte o lenço usado imediatamente). Gotículas espalham vírus. Ao seguir uma boa higiene respiratória, você protege as pessoas ao seu redor contra vírus responsáveis por resfriado, gripe e COVID-19.

• Os viajantes que retornam das áreas afetadas devem monitorar seus sintomas por 14 dias e seguir os protocolos nacionais dos países receptores; e se ocorrerem sintomas, devem entrar em contato com um médico e informar sobre o histórico de viagem e os sintomas.

Converse com a Fandango