Empregados com carteira injetaram R$ 19,3 milhões na economia de Cachoeira, em junho

Os 12.873 empregados com carteiras de trabalho em Cachoeira do Sul receberam, em junho de 2018, aproximadamente R$ 19,3 milhões em salários. “O resultado é uma estimativa obtida através dos dados do Cadastro de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho” explica o secretário de Desenvolvimento, Ronaldo Tonet.

Na média, o celetista recebeu R$ 1.509,40 no Município, valor R$ 37,33 maior do que era pago em dezembro de 2017, queda de 0,06% em números deflacionados pelo INPC.

O setor que mais contribuiu com salários formais em junho foi o de Serviços, somando R$ 7,2 milhões, 37,39% do total. Em segundo lugar ficou o Comércio (R$ 5,7 milhões), seguido da Indústria (R$ 3,6 milhões). A Agropecuária ficou na quarta posição, com R$ 1,5 milhão.

Mais R$ 650 mil

O total de salários celetistas pagos pelos empregadores cachoeirenses cresceu R$ 650 mil, sobre o montante dispendido em dezembro do ano passado, ou 0,88% mais, já descontado o INPC do primeiro semestre do ano.

Em junho, os 2,5 milhões de celetistas do Rio Grande do Sul receberam individualmente R$ 1.456,60 em média (+1,61%). No país, 38,2 milhões de trabalhadores com carteira assinada receberam cada um R$ 1.534,69 (+1,96%).

Converse com a Fandango