Troca de Ministros no Governo Temer, atrasa qualificação e repasse de recursos para UPA/Cachoeira

A troca no comando do Ministério da Saúde foi o que atrasou a publicação da portaria dando a qualificação da Unidade de Ponto Atendimento (UPA) de Cachoeira do Sul. O ministro Gilberto Occhi assumiu em 2 de abril, substituindo Ricardo Barros.

O prefeito Sergio Ghignatti e o secretário de Saúde, Róger Gomes da Rosa, tiveram encontro na tarde desta quinta-feira (26) com Sérgio da Costa, assessor do ministro, que explicou que devido a troca de ministros houve um estancamento orçamental, o que é comum ao trocar os titulares da pasta. “Conforme nos informou Sérgio, o novo ministro está adequando as questões orçamentárias da pasta que assumiu. Por isso, muitas publicações de novas portarias estão atrasadas, dentre elas, a portaria de qualificação da UPA de Cachoeira do Sul”, explicou Roger.

Ele ressalta ainda que foi protocolado um ofício no junto ao Ministério da Saúde através do Gabinete do Deputado Federal Darcísio Perondi que seguirá acompanhando o pleito de Cachoeira do Sul. O deputado também garantiu que seu gabinete está monitorando a liberação do recurso de R$ 77 mil da CIB 386, que será destinado para cirurgias de catarata para pacientes do município, assim como a liberação de novas vagas no Programa Mais Médicos para a cidade.

Importante

A qualificação garante o repasse de R$ 105 mil (R$ 70 mil da União e R$ 35 mil do Estado). Por já estar habilitada, a Prefeitura recebe mensalmente R$ 200 mil. A UPA tem um custo mensal de R$ 600 mil.

 

Converse com a Fandango