Lei do Buraco não é cumprida em rua que foi aberta no Bairro Tupinambá

Um caso inusitado acontece na Rua João Tomaz de Menezes, no Bairro Tupinambá, em Cachoeira do Sul. Uma empresa que trabalha na implantação de um loteamento na região cortou cerca de 150 metros de asfalto para levar rede de água potável até o local. A obra foi realizada no dia 8 de janeiro deste ano e até agora não foi providenciado o conserto.

Na época, foi colocada terra no valão, mas com a chuva a situação se complicou. As famílias cobram atenção da Prefeitura ou da Corsan, porque estão apavoradas com a buraqueira que já provocou acidente com motociclista e com veículos. Além disso, uma boca de lobo no local foi construída por um comerciante e em outra os canos estão quebrados.

A Rua João Tomaz de Menezes faz a ligação entre os bairros Tupinambá e Bom Retiro e roteiro do ônibus urbano. Em dias de chuva, a água invade os pátios e causa transtornos.

ATENÇÃO  

O vice-prefeito e secretário de Obras, Cleber Cardoso, disse que não tinha conhecimento da situação e não autorizou a abertura de valão na Rua João Tomaz de Menezes. Ele prometeu acionar os fiscais de posturas para conversar com a empresa que realizou o corte no asfalto. “Existe um lei municipal de minha autoria quando Vereador,  que trata desta questão de buracos e, se for o caso, vamos acioná-las”, afirmou.

Converse com a Fandango