Governo federal sanciona lei que abre crédito suplementar e destrava operações do Plano Safra

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quinta-feira, sem vetos, uma lei oriunda do Congresso que abre crédito suplementar de R$ 2,57 bilhões ao Orçamento da União. A sanção da lei era aguardada, desde 28 de abril, pelo setor agropecuário do Brasil, uma vez que parte da quantia, R$ 868 milhões, vai ser destinada a destravar as operações do Plano Safra 2021/2022, travadas por falta de recursos para equalização dos juros desde 7 de fevereiro.

A maior parte do dinheiro (R$ 1,7 bilhões) vai atender despesas do governo com pessoal, encargos sociais e os ministérios da Defesa, Educação, Economia, Ciência e Tecnologia e Justiça e Segurança Pública.

O crédito suplementar é uma modalidade de crédito adicional destinado ao reforço de dotação orçamentária já existente no orçamento. É autorizado por lei e aberto por decreto do Executivo.

 

 

 

fonte Rádio Guaíba

Comente este artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Converse com a Fandango