De novo: Prefeitura retira Projeto de Lei que institui estacionamento rotativo da Câmara

O prefeito José Otávio Germano encaminhou nesta terça-feira (07) à Câmara de Vereadores o pedido de retirada do Projeto de Lei 79/2021, que institui o estacionamento rotativo pago em Cachoeira do Sul.

O prefeito entende que a retirada do projeto neste momento é fundamental para que os vereadores possam dedicar-se apenas ao debate do Plano Diretor, que também tramita no Legislativo para votação. Desta forma, a discussão também do estacionamento rotativo poderia ser prejudicada, já que os vereadores teriam que se dedicar a dois importantes projetos neste momento que a Câmara já se encaminha para a limpeza de pauta antes do período de recesso.

Outro motivo que levou o José Otávio a solicitar a retirada do projeto foi para que o Executivo possa analisar as 109 emendas aditivas e modificativas propostas pelo Legislativo. Após o retorno das atividades parlamentares em 2022, o projeto será reapresentado em regime de urgência para apreciação dos vereadores.

Está é a segunda vez que o Projeto de Lei que institui o Rotativo é retirado do Legislativo. No Governo Sérgio Guignatti após denúncias de favorecimento, o projeto também foi retirado

Converse com a Fandango