Cachoeira à espera da Balsa.. DNIT estuda ponte metálica do Exército sobre ponte do Fandango

Como não foi liberado o trânsito de veículos leves e proibido  de pedestres sobre a ponte do Fandango, no final desta sexta-feira, dia 5,   Cachoeira espera agora pela chegada da Balsa Deusa do Jacuí. Segundo informações colhidas pela reportagem da Rádio Fandango 102.5 FM, a balsa só deverá chegar a Praia Velha na tarde de domingo e começar suas operações na segunda ou terça-feira, após os acessos serem construídos. Ocorre,  que a balsa com rebocador encontra-se em Rio Pardo e não consegue subir o  Jacuí em razão do baixo nível. Uma operação será realizada neste sábado, visando com guindastes transpor o rebocador da balsa para uma parte do Rio, onde possa navegar.

No início da noite desta sexta-feira, o engenheiro do DNIT João Carlos Tonetto da Superintendência de Santa Maria, informou que o órgão trabalha com a possibilidade de solicitar ao 3º Batalhão de Engenharia e Combate de Cachoeira do Sul, a colocação de uma ponte móvel  sobre o vão danificado da ponte do Fandango, que ficaria escorada entre os pilares da  ponte que não possuem problema,  afim de possibilitar em mão única o trânsito de pedestres e veículos leves na Ponte do Fandango.

Enquanto isso não ocorre, as alternativas para passagem para a Zona Sul do Município para pedestres são os barcos na Praia Nova, a Balsa do São Lourenço ou os desvios por Rio Pardo via ERS 403 para acessar a BR 290, ou pela RSC 287 por Restinga Seca, Formigueiro e São Sepé para ir em direção a fronteira Sul e Oeste do Estado

Converse com a Fandango