RS abre 118,8 mil postos com carteira no ano, com 11.801 vagas em agosto

O Rio Grande do Sul engatou o oitavo mês consecutivo com saldo positivo na geração de emprego com carteira assinada. Ou seja, mais contratou do que demitiu. O Estado abriu 11.801 vagas em agosto, segundo dados Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, divulgados pelo Ministério do Trabalho e Previdência nesta quarta-feira (29).

No ano, são 118.816 postos abertos em solo gaúcho com a nova atualização. Mesmo no azul, esse montante ainda é menor ante o  total de vagas fechadas entre março e junho do ano passado, 138.322, durante o auge dos estragos causados pela pandemia de coronavírus no mercado de trabalho. No acumulado de 12 meses, o saldo positivo está em 188.098.

O saldo de agosto no Estado ocorre diante de 109.402 admissões e 97.601 demissões. Na comparação com julho, quando foram abertas 14.202 vagas, agosto registra rápida perda de ritmo na geração de emprego no mercado formal. Em agosto do ano passado, marcado pela busca de retomada em meio à pandemia, o Estado abriu 6.418 postos.

Entre os setores presentes na pesquisa, serviços e comércio lideram. Juntos, esses dois segmentos da economia somam a geração de 10.197 vagas. Na sequência, figuram construção e agropecuária.  Indústria é o único setor com resultado negativo no mês.

 

 

 

fonte Gaúcha/ZH

Converse com a Fandango