Fábrica da GM em Gravataí retoma a produção

A fábrica da General Motors (GM) em Gravataí voltou  a produzir a partir desta segunda-feira (16), após cinco meses parada por falta de suprimentos, principalmente, semicondutores.

Depois de três retornos adiados, a unidade instalada na Região Metropolitana vai voltar a produzir os modelos Chevrolet Onix e Onix Plus, carros-chefes da marca, mas com expediente apenas no primeiro turno.

A fábrica, com cerca de 5 mil funcionários, iniciou, no primeiro semestre, a formação de um banco de currículos de profissionais mesmo com os trabalhos suspensos desde março. A função era de operador de produção, mas GM não informou se já vai aproveitar agora esses trabalhadores.

Para o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí, Valcir Ascari, se o mercado reagir, é possível que o grupo seja contratado. “Não tenho a informação de quantas pessoas foram demitidas no período, mas 600 pessoas do terceiro turno estão em lay-off (suspensão temporária do contrato de trabalho) faz um ano e cinco meses”, informou.

Ascari comemora a volta da produção da GM. “É importante do ponto de vista do emprego dos trabalhadores. Mas também é importante para a arrecadação da cidade. O complexo é responsável por 45% da arrecadação de Gravataí”, lembrou.

A escassez de semicondutores – os mesmos utilizados em aparelhos de telefone celular, por exemplo – também interrompeu a produção de fábricas da Chevrolet em outros países.

A fábrica da GM de São Caetano do Sul, em São Paulo, responsável pelo Onix Joy, Joy Plus, Spin e Tracker, deve retomar as operações em 26 de agosto.

 

 

fonte Rádio Guaíba

Converse com a Fandango