Distância entre classes nas escolas do RS cai para permitir mais estudantes em sala de aula

Um novo decreto publicado na segunda-feira (9) reduz o distanciamento social nas escolas públicas e privadas do Rio Grande do Sul. Se antes as salas de aula deveriam garantir afastamento de 1,5 metro entre as classes, a distância agora cai para um metro.

A flexibilização passa a valer a partir da publicação do decreto e também se estende para os cursos livres, como escolas de idiomas.

De acordo com a Secretaria Estadual da Educação (Seduc), a medida foi tomada para permitir que mais estudantes retornem às aulas presenciais e, com isso, recuperem as perdas de quando as escolas estavam fechadas e atuavam  apenas com ensino remoto.

Outras medidas de prevenção seguem obrigatórias, como o uso de máscaras por alunos, professores e funcionários, além da ventilação cruzada nas salas de aulas — janelas e portas abertas para garantir a circulação do ar. O modelo híbrido, em que há revezamento periódico entre turmas para evitar excesso de pessoas em um mesmo espaço, também se mantém.

 

fonte Gaúcha/ZH

Converse com a Fandango