45% dos brasileiros pretendem pedir empréstimo até outubro

A economia brasileira tem sido fortemente afetada desde o início da pandemia de covid-19, em março de 2020. Uma parcela da população perdeu seus empregos ou teve suas rendas diminuídas, além do aumento nos preços de itens básicos do dia a dia.

Uma pesquisa encomendada pela fintech FinanZero, realizada pela agência Conversion, aponta que 44,4% dos brasileiros têm a intenção de pedir empréstimo nos próximos 90 dias, ou seja, até outubro deste ano.

Destes, 62,61% informaram que vão recorrer aos empréstimos online, número que reflete um crescimento expressivo dessa modalidade no país, que visa trazer mais facilidade e agilidade nas transações de crédito pessoal.

Outra parte dos entrevistados (50%), pretende solicitar um empréstimo direto em uma agência bancária física, enquanto 8,11% pretende solicitar um empréstimo informal.

Dívidas são o maior motivo para os pedidos de empréstimo

O levantamento também destacou os motivos para o pedido de empréstimos; 45,95% usarão o dinheiro para pagar dívidas,  19,37% pretendem solicitar empréstimo para realização de compras, 18,92% querem investir em um negócio próprio e 8,92% desejam renovar a casa.

A pesquisa foi realizada de forma online por meio de um questionário direcionado para um painel de 500 respondentes, entre os dias 16 a 22 de junho de 2021, que refletem os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística)
Converse com a Fandango