Mais de meio milhão de gaúchos receberão primeira dose de vacina nos próximos dias

Até o final da próxima semana, a Secretaria da Saúde (SES) distribuirá 537.350 doses de vacinas contra a Covid-19 aos municípios gaúchos. Conforme o Governo do Estado, todas serão usadas para primeira dose de quem ainda não foi imunizado e, assim, avançar na campanha de vacinação no Rio Grande do Sul.

Entre os imunizantes, estão Covishield (Oxford/AstraZeneca), Comirnaty (Pfizer) e da farmacêutica Janssen, da Johnson & Johnson, que chegará no início da próxima semana e vai ser a quarta opção de vacina aos gaúchos. A destinação foi definida em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), com representação do Estado e municípios, na quarta-feira, 9.

O primeiro lote da vacina da Janssen conterá 171,6 mil doses, com data de vencimento em 27 de junho. De acordo com a diretora do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), Cynthia Molina Bastos, o Rio Grande do Sul tem condições de usá-las dentro do período, uma vez que a logística de distribuição das doses acontece em até 24 horas para todas as 18 coordenadorias regionais de saúde (CRS). “Os municípios que receberem essas vacinas terão que priorizar o uso delas. Pode-se fazer mutirão, drive-thrus ou outras estratégias para conseguir usar as doses em tempo hábil”, afirma.

A vacina da Janssen tem o benefício de ser dose única. A eficácia dela é de 85% para casos graves da doença e está liberada para uso emergencial no Brasil. A tecnologia usada para a fabricação deste imunizante é vetor viral com adenovírus humano recombinante. Na reunião da CIB foi discutido o uso, além da remessa da Janssen, das remessas mais recentes da Comirnaty (146.250 doses recebidas em 8 de março) e da Covishield (219.500 doses que chegaram nessa quarta-feira).

Distribuição

As doses da Comirnaty e da Covishield serão distribuídas às 18 CRS nesta sexta-feira, 11. Nesta quinta-feira, 10, chegará um novo lote de seringas para aplicação da vacina da Pfizer, que será entregue na mesma viagem. As doses da Janssen não têm data de distribuição definida, uma vez que o Ministério da Saúde ainda não confirmou o voo em que chegarão ao Estado.

Os municípios que atingirem todos os grupos elencados pela resolução poderão avançar na campanha, aplicando vacina na população em geral com 57 anos e ir baixando a faixa etária, conforme atingirem 100% desta parcela da população. Até setembro, o governo do Estado estima vacinar com a primeira dose toda a população gaúcha maior de 18 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *