Vacinação contra Gripe em crianças, gestantes, trabalhadores na saúde começa na segunda-feira

A Campanha de Vacinação Contra a Gripe( Influenza (H1n1) começa na segunda-feira (12/04) em todo o país e prosseguirá até o início de julho.

Nesta primeira etapa, prevista até o dia 10 de maio, estarão sendo vacinados apenas crianças de seis meses a seis anos de idade, gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores de saúde.

Diferente do que ocorria em anos anteriores, nesta edição os idosos (60 anos de idade ou mais) participarão da campanha a partir da segunda fase, com início marcado para o dia 11 de maio, quando também passarão ser imunizados os professores. A influenza ou gripe é uma infecção viral que afeta o sistema respiratório e é de alta transmissão. A imunização permite prevenir complicações, óbitos e consequências para os serviços de saúde, além de reduzir sintomas que podem ser confundidos com os da Covid-19.

A rede pública estará aplicando o imunizante nos 9 postos de saúde que dispõem de salas de vacina: US1/INSS, US4/Centro Social Urbano, US14/Marina, ESF1/Promorar, ESF2/Carvalho, ESF3/Noêmia, ESF4/Barcelos, ESF5/Tupinambá, ESF7/Ponche Verde. A meta é imunizar 90% da população-alvo.

 

 

Etapas

Grupos Prioritários

População Alvo

Primeira – (12/04 a 10/05)

Crianças (6 meses a < de 6 anos)

5.283

Gestantes

738

Puérperas

121

Povos Indígenas

137

Trabalhadores de Saúde

3.167

Total da 1ª Etapa

9.446

Segunda –  (11/05 a 08/06)

Idosos com 60 anos e mais

18.560

Professores

912

Total da 2ª Etapa

19.472

Terceira –  (09/06 a 09/07)

Comorbidades (9.341), pessoas com deficiência permanente (2.767), caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, passageiros urbanos e de longo curso, trabalhadores portuários, força de segurança e salvamento, forças armadas (1.177), funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medida socioeducativas (256)

(alguns grupos inseridos nesta etapa não possuem meta inicial estipulada)

 

Pontos de vacinação Influenza

US1/INSS

7h30 às 12h e das 13h30 às 16h30

US4/Centro Social Urbano

7h30 às 12h e das 13h às 16h

 

US14/Bairro Marina

7h30 às 12h e das 13h às 16h

 

ESF1/Bairro Promorar

7h às 11h30 e das 13h às 15h30

 

ESF2/Bairro Carvalho

7h às 11h30 e das 13h às 15h30

 

ESF3/Bairro Noêmia

7h às 11h30 e das 13h às 15h30

 

ESF4/Bairro Barcelos

7h às 11h30 e das 13h às 15h30

ESF5/Bairro Tupinambá

7h às 11h30 e das 13h às 15h30

 

ESF7/Bairro Ponche Verde

7h às 11h30 e das 13h às 15h30

Saiba mais:

* Usuário deve priorizar a vacinação contra a Covid-19;

* Após vacinação contra a Covid-19, aguardar 14 dias para receber a dose da Influenza;

* Pessoas curadas da Covid-19 podem e devem receber a vacina da Influenza;

* Pacientes com Covid-19 devem adiar a vacinação contra a Influenza por 4 semanas após o início dos sintomas;

* Crianças podem receber qualquer outra vacina do calendário regular junto da vacina da Influenza;

* A vacina da Influenza  pode ser administrada junto de qualquer outra vacina – menos junto da vacina contra a Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *