Prefeitura monta força tarefa para trazer Caps Infantil para Cachoeira

Representantes das secretarias de Saúde, Trabalho e Ação Social, Educação, Planejamento e Administração estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira (8) para tratar da habilitação do município de Cachoeira do Sul junto ao Ministério da Saúde para que se instale um Centro de Atenção Psicossocial voltado a crianças e adolescentes, conhecido como CAPSi. A instalação do CAPSi é um compromisso do prefeito José Otávio Germano que tem defendido a oferta do serviço à comunidade cachoeirense.

A força tarefa busca levantar as necessidades físicas e de pessoal para que a habilitação seja aprovada junto ao Governo Federal e que o município passe a oferecer o atendimento psicossocial especializado. “Hoje, não temos esse atendimento no nosso município, precisamos encaminhar nossas crianças para outras cidades”, explica a psicóloga Joseane Arena, coordenadora dos Projetos de Atenção Psicossocial da Secretaria Municipal da Saúde. Joseane acrescenta ainda que a oferta desse serviço reflete na educação, que poderá encaminhar as crianças que apresentam algum transtorno para o atendimento, assim como na saúde e em outros segmentos da sociedade. “Quanto mais cedo diagnosticamos esses transtornos, mais cedo podemos prestar o atendimento, tendo prejuízos menores no aprendizado e desenvolvimento da criança”, explica a psicóloga.

Para implantação do CAPS, há uma estrutura de pessoal mínima exigidaque compreende médico, enfermeiro, psicólogo, além de outros profissionais de nível superior e médio. Além disso, o local para instalação deve ter acessibilidade e um número mínimo de peças.

Na sexta-feira, o projeto de habilitação do CAPSi será apresentado ao Conselho Municipal de Saúde.

O grupo se reunirá novamente na terça-feira (13).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *