Contrariando decreto estadual, Prefeito de Cachoeira diz que volta às aulas é capítulo encerrado

Após reunião com diretores de escolas privadas no início da tarde desta quinta-feira, o prefeito de Cachoeira do Sul, Sérgio Ghignatti, decidiu que não autorizará o retorno presencial das aulas este ano em escola Municipais, Estaduais e Particulares.

Embora incorrendo no risco de desobediência a determinação do Governo do Estado que condiciona a retomada de eventos festivos, abertura de cinemas e opções de entretenimento apenas em cidades com as aulas liberadas,  Ghignatti segue argumentando que a pandemia não acabou e que não é seguro liberar as aulas.

Em resposta ao Ministério Público que cobra o atendimento ao que determina o Estado, o prefeito encaminhou justificativa argumentando que nas escolas o número de alunos é muito superior ao que é mobilizado durante eventos e por tempo limitado, diferentemente das aulas presenciais que serão diárias.

 

 

 

fonte TV Novo Tempo

Converse com a Fandango