Estado diz que irá fazer 7 mil testes para coronavírus por dia no RS

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) confirmou para a semana que vem o início da segunda etapa do programa Testar RS, que amplia a aplicação de exames para detectar o coronavírus na população gaúcha. Para essa nova fase, está previsto que todos os municípios do Estado tenham pontos de coleta para a testagem da covid-19, permitindo maior acesso das pessoas ao exame.

Atualmente, mil testes são realizados por dia no Estado para confirmar ou não a infecção pelo coronavírus. Com a segunda etapa em operação, esse número subirá para 7 mil testes/dia. Essa nova fase já deveria estar implementada, de acordo com a previsão inicial, mas ainda está dentro do prazo.

A partir da semana que vem, começam a ser testados todos os indivíduos que preencham a definição de síndrome gripal e contactantes próximos dos casos confirmados de covid-19 por RT-PCR, através do uso do aplicativo Dados do Bem — no momento, o app ainda não apresenta os dados do RS e a SES ainda está organizando os pontos de coleta. Até então, os testes eram concentrados em profissionais da saúde, trabalhadores e residentes de lares de longa permanência, além de sintomáticos em 30 cidades de mais de 40 mil habitantes com maior incidência da doença.

A testagem é uma ação importante para o combate à covid-19. Sabe-se que os países que conseguiram enfrentar a pandemia com menor número de mortes foram os que fizeram testagem em massa de sua população para identificar se estavam infectados com o coronavírus. Mas o Brasil tem aplicado menos testes para detectar sinais do vírus do que países menos afetados pela Covid 19.

 

fonte Gaúcha/ZH

Converse com a Fandango