Beneficiários do auxílio emergencial não conseguem pagar contas pelo aplicativo Caixa Tem

Os beneficiários do auxílio emergengial  de R$ 600 do governo federal estão enfrentando dificuldades ao utilizar o aplicativo Caixa Tem. O saque em espécie nas agências da Caixa Econômica Federal (CEF) segue um cronograma definido conforme a data de aniversário do beneficiário. Por isso, o aplicativo é a alternativa para o pagamento de contas e a transferências durante a pandemia.

Segundo o relato do usuário, quem acessa o aplicativo recebe o aviso que está em uma “sala de espera virtual”. A previsão para acessar os serviços é de “mais do que uma hora”. Quando consegue acesso, na aba para realizar pagamentos, a mensagem é “Tente novamente mais tarde”.

Em nota, a Caixa declarou que, devido à magnitude de acessos – de, em média, 500 mil usuários por hora – podem ocorrer interrupções momentâneas em alguns serviços do aplicativo. O banco disse ainda que os clientes e beneficiários estão conseguindo efetivas suas operações.

“No acumulado já são cerca de 40 milhões de usuários únicos, mais de 1,2 bilhão de consultas de saldo/extrato, 17,7 milhões de boletos pagos e 3,5 milhões de compras utilizando as maquininhas/QR Code”, diz o texto.

A Caixa disse ainda que tem feito melhorias no aplicativo, como a ampliação da validade da sessão de cada usuário durante 72 horas – que evita a necessidade de fila virtual para acessar o Caixa Tem durante esse período.

 

 

 

fonte Gaúcha ZH

Converse com a Fandango