Visando reativação, Vereadores aprovam nova composição do Conselho Municipal de Desenvolvimento Integrado

De autoria do Executivo, a Câmara de Vereadores de Cachoeira do Sul, a provou Projeto de Lei que  altera a redação da Lei Municipal n°4.077, de 05 de setembro de 2011, trazendo novos representantes para a composição do Conselho Municipal de Desenvolvimento Integrado. O Conselho Municipal de Desenvolvimento Integrado é órgão de assessoramento do Poder Executivo, tendo por objetivo promover a participação autônoma e organizada da comunidade no processo de planejamento e discussão da evolução urbana e rural do Município.

Segundo a justificativa do Projeto de Lei tal modificação igualmente garantirá a reativação do Conselho, que atualmente encontra-se desativado, sem realizar reuniões, não possuindo conselheiros nomeados.

Segundo aprovado, o Conselho Municipal de Desenvolvimento Integrado será constituído por representantes das seguintes entidades: Secretaria Municipal de Obras; Secretaria Municipal de Indústria e Comércio; Secretaria Municipal de Trabalho e Ação Social; Secretaria Municipal de Coordenação e Planejamento; Secretaria Municipal da Fazenda; Secretaria Municipal de Interior; Secretaria Municipal do Meio Ambiente; Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária; Secretaria Municipal de Governo; Procuradoria Jurídica do Município; União Cachoeirense de Associações de Bairros; Câmara de Agronegócios, Comércio, Indústria e Serviços – CACISC; Universidade Aberta do Brasil – UAB; Núcleo de Engenharia e Arquitetura – NEA; Intersindical Cachoeira do Sul; Universidade Federal de Santa Maria – UFSM – Campus Cachoeira do Sul; Universidade Luterana do Brasil – ULBRA Cachoeira do Sul;  Movimento Comunitário de Cachoeira do Sul – MOCOCA; Conselho de Arquitetura e Urbanismo – CAU/RS e Universidade Estadual do Rio Grande do Sul UERGS.

Converse com a Fandango