Modelo de distanciamento social vai dividir o RS em até 21 regiões

Para regionalizar ao máximo o novo modelo de distanciamento social, o governo do Estado passou a trabalhar com a divisão do mapa gaúcho em até 21 microrregiões. Até a semana passada, o Palácio Piratini estimava que as novas regras de distanciamento seriam aplicadas para no máximo nove diferentes regiões.

O aumento no número de regiões permitirá que o governo mantenha regras mais flexíveis para o comércio em cidades que estão à média distância dos focos da doença no Estado.

– Estamos trabalhando muito para ter um sistema de distanciamento social sensato. Serão até 21 regiões distintas que vão ter a sua bandeira de acordo com a sua capacidade hospitalar e o nível de disseminação do coronavírus – projetou o governador Eduardo Leite, durante transmissão ao vivo  domingo (26).

O atual formato de distanciamento social é regido por um decreto estadual, que vale até às 23h59min de quinta-feira (30). O novo modelo, que vai vigorar a partir de sexta-feira (1º), deve ser apresentado até esta quarta-feira (29) por Leite.

Chamado de distanciamento social controlado, o novo formato vai prever, de antemão, que regras devem ser aplicadas para cada região do Estado, conforme a ocupação de leitos e a expansão do coronavírus. Para cada nível estará associada uma cor: verde, amarela, laranja ou vermelha.

Os protocolos de funcionamento das atividades comerciais e sociais, para cada cor, ainda estão sendo finalizados. As sugestões de protocolos foram recebidas pelo governo até sexta-feira (24). Foram mais de 190 propostas, encaminhadas especialmente por empresários e associações de setores econômicos.

 

 

 

fonte Gaúcha/ZH

Converse com a Fandango