Inep retifica editais e adia aplicação de provas digitais do Enem para 22 e 29 de novembro

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP retificou os editais do ENEM 2020 e adiou as datas de aplicação das provas digitais para 22 e 29 de novembro. Os editais nº 33 e nº 34 foram publicados nesta quarta-feira (22), no Diário Oficial da União. As provas impressas seguem previstas para 1º e 8 de novembro.

No edital também ficam formalmente definidas as novas cidades de aplicação do Enem Digital, agora distribuídas em todos os 26 Estados e no Distrito Federal. No Rio Grande do Sul, as provas digitais poderão ser feitas em seis municípios: Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Pelotas, Porto Alegre,  Santa Cruz do Sul e Santa Maria.

Os documentos divulgados pelo Inep ainda reforçam a concessão da gratuidade da taxa de inscrição aos participantes que se enquadrarem nos perfis especificados, mesmo sem o pedido formal dos inscritos. A regra vale tanto para o Enem Impresso quanto para o Enem Digital e se aplica também aos isentos em 2019 que faltaram aos dois dias de prova e não tenham justificado ausência.

Sendo assim, terá a isenção garantida no ato da inscrição para o Enem 2020 o participante que:

  • Está cursando a última série do Ensino Médio em 2020 em escola da rede pública;
  • Tem renda (por pessoa) igual ou menor que um salário mínimo e meio e cursou todo o Ensino Médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada;
  • Tem renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos. Neste caso, o participante deve informar o Número de Identificação Social (NIS).

Os editais completos podem ser conferidos aqui:

Já a lista completa das cidades onde haverá aplicação do Enem digital pode ser acessada neste link.

 

 

 

 

fonte Gaúcha/ZH

Converse com a Fandango