Para gerar empregos, retomada da duplicação da BR 290 está nas prioridades do Governo

A pedido do Ministério de Infraestrutura, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) fez um levantamento das primeiras obras no Rio Grande do Sul que podem ser retomadas ou receber injeção de recursos públicos para estimular  a geração de empregos a curto e médio prazo. A retomada da duplicação da BR 290 a conclusão da travessia de Santa Maria, a continuidade da NR 116 e da  ponte do Guaíba, além da ampliação das rotinas de manutenção das estradas, estão na lista encaminhada a Brasília.

Sob a coordenação do ministro da Casa Civil, Braga Netto, esse plano está sendo montado para servir de âncora para a retomada da economia no pós-coronavírus. Nesta quarta-feira (22) pela manhã, no Palácio do Planalto, houve a primeira reunião de ministros sobre o assunto com a análise de dados.

A projeção é que o pacote conte com R$ 30 bilhões somente para o Ministério de Infraestrutura para a retomada de cerca de 70 obras em todo país. Outras pastas também integram o programa. Como há pressa, a prioridade será para aquelas com projetos de viabilidade e licenciamento ambiental que já estão prontos.

 

 

 

 

 

fonte Gaúcha/ZH

Converse com a Fandango