Estado suspende contrato com laboratório agropecuário que faria testes de coronavírus

O governo do Estado decidiu suspender temporariamente o contrato com um laboratório agropecuário de Pelotas, no sul do Estado, que faria testes de coronavírus na população. A decisão, segundo o procurador-geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa, serve para análise do caso e prestação de informações a órgãos de controle e à Justiça.

A decisão foi tomada na quinta-feira (16), após pedido de suspensão cautelar do contrato feito pelo Ministério Público (MP).

— A nossa intenção é buscar agilizar exames e diagnósticos. Se esse contrato gera algum tipo de dúvida ou receio, estamos suspendendo o contrato e vamos trabalhar com os exames que são feitos dentro da capacidade do nosso Laboratório Central do Estado (Lacen), que consegue fazer em torno de 300 exames diários, e desses convênios que estamos firmando com universidades — disse o governador Eduardo Leite durante transmissão ao vivo pela internet na tarde desta sexta-feira (17).

Converse com a Fandango