Cachoeira registra mais um caso suspeito de coronavírus

A nova doença causada pelo novo coronavírus (denominado SARS-CoV-2), é uma pandemia. A epidemia é dinâmica, e as recomendações são frequentemente atualizadas.

         Situação em Cachoeira do Sul

      Em Cachoeira do Sul, permanecem suspeitos 2 casos, sexo masculino, 54 anos e  sexo feminino, 33 anos. Mais um caso foi notificado, sexo masculino, 33 anos, contato de caso suspeito Santa Catarina, com sintomas leves. Os casos suspeitos permanecem em isolamento aguardando resultado de exames, todos são casos importados ao nosso município.

Município

Suspeitos

Descartados

Cachoeira do Sul

3

6

As medidas preventivas mais eficazes para reduzir a capacidade de contágio do novo coronavírus são: “etiqueta respiratória”; higienização, com água e sabão ou álcool gel a 70%, frequente das mãos; identificação e isolamento respiratório dos acometidos pela COVID-19 e uso dos EPIs (equipamentos de proteção individual) pelos profissionais de saúde.

O período de incubação, ou seja, o tempo entre o dia do contato com o paciente doente e o início dos sintomas, é, em média, de 5 dias para a COVID-19. Em raros casos, o período de incubação chegou a 14 dias.

Aproximadamente 80 a 85% dos casos são leves e não necessitam hospitalização, devendo permanecer em isolamento respiratório domiciliar; 15% necessitam internamento hospitalar fora da unidade de terapia intensiva (UTI) e menos de 5% precisam de suporte intensivo.

Provavelmente os primeiros 3 a 5 dias de início dos sintomas são os de maior transmissibilidade. Por isso, casos suspeitos devem ficar em isolamento respiratório, desde o primeiro dia de sintomas, até serem descartados.

Converse com a Fandango