Prefeitura atrasa entrada em funcionamento do videomonitoramento em Cachoeira

A Brigada Militar de Cachoeira do Sul aguarda com expectativa a conclusão da sala que vai abrigar os equipamentos do videomonitoramento da cidade, projeto que se arrasta há algum tempo.

O espaço de 36 metros quadrados está concluído junto ao 35º Batalhão de Polícia Militar (BPM), localizado na zona norte da cidade, no entanto, falta a instalação da rede elétrica.

Pelo que foi combinado com a Brigada, este serviço ficou a cargo da Prefeitura, mas até agora nada foi feito na sala. A própria corporação se encarregou da pintura da sala no sentindo de agilizar a ocupação do espaço. “Nossa ideia era que tudo estivesse pronto este mês”, disse o comandante do 35º BPM, major Jaime Soligo, acrescentando que a empresa contratada pela instalação dos equipamentos, também está no aguardo da Prefeitura.

O projeto do videomonitoramento em Cachoeira do Sul, obtido através de emendas parlamentares, uma delas do ex-deputado federal José Otávio Germano, é esperado com expectativa pelos órgãos de segurança da cidade. As câmeras de monitoramento já estão instaladas. Ao todo são 11 e mais 4 que fazem parte do chamado cercamento eletrônico com recursos da bancada gaúcha.

 

 

 

 

fonte Jornal O Correio

Converse com a Fandango