Marista Roque comemora 90 anos com lançamento de documentário

Uma noite para encher o coração de alegria e reforçar a missão de fazer a diferença na vida das pessoas, através do jeito marista de educar. Assim foi o evento de lançamento do documentário alusivo aos 90 anos do Colégio Marista Roque em Cachoeira do Sul, que aconteceu na última sexta-feira, 24/5.

Com o Salão de Atos lotado, a história contada pela pesquisadora Mirian Ritzel, sob a produção de Cristianno Caetano, comoveu o público com a trajetória da instituição no Município, desde a sua chegada, em 1929.

Além de depoimentos marcantes de educadores, familiares e ex-estudantes, o evento contou, ainda, com o talento do Vocal Juvenil, em uma apresentação surpreendente e emocionante. Para homenagear a instituição, todos os presentes encerraram a atividade entoando o hino do Colégio.

Compromisso com a educação

Em seu discurso, o diretor do Marista Roque, David Hatsek, destacou o compromisso do Colégio com a sua proposta educativa, voltada à promoção de atitudes e valores humanos éticos, conduzindo o estudante à descoberta do sentido da vida e a busca do processo formador de valores, culturas, saberes e conhecimentos.

“Fazer memória é olhar para o passado e reconhecer as ações relevantes, os fatos e as ações que, de alguma forma, ajudaram a consolidar a trajetória educativa. Muitos plantaram, outros regaram, fazendo crescer a grande instituição de ensino que o Marista Roque representa na sociedade de Cachoeira do Sul”, afirmou.

Ao comemorar nove décadas de atuação, o Colégio chega ao ano de 2019 com a marca de 100 educadores e mais de 800 estudantes. “São Marcelinho Champagnat já dizia: ‘a educação é um ato de amor’. Assim, nós, maristas, procuramos nos imbuir do espírito do nosso fundador, e revivê-lo, a fim de perpetuar em nosso meio a missão que ele nos deixou”, declarou o diretor.

Importante >> A comunidade escolar também poderá assistir ao documentário. O material será exibido durante a Semana Cultural, que ocorrerá entre os dias 16 e 19 de julho, no Colégio.

Converse com a Fandango