Falta de acostamento, iluminação, matal e sujeita. Esse é o cenário de acesso ao Campus da UFSM na estrada da Ferreira

A VRS-809, conhecida como Estrada da Ferreira, sob a jurisdição do Daer, está tomada pelo mato e pela sujeira o que deixa indignados os moradores da região do Passo D’Areia. A rodovia, que é acesso ao campus do UFSM, chama atenção pelo descaso, ainda mais depois que a Prefeitura se comprometeu a construir uma conversão para entrada do campus.

Além de não ter acostamento, a VRS-809,  não tem iluminação. Um morador, preocupado com a situação, colocou um poste com lâmpada na frente de sua moradia. “Já nos reunimos com o prefeito e secretários e nenhuma providência é tomada. À noite é impossível sair de casa e a Prefeitura ficou de resolver, mas até agora nada”, afirmou um morador que reside em frente à área do campus da UFSM.

No entendimento das famílias, o caso é grave ainda mais que no próximo dia 11 de março começam as aulas da UFSM no campus cachoeirense e até agora nem Daer nem Prefeitura se movimentaram para limpar a rodovia e instalar iluminação pública.

Converse com a Fandango