Região se mobiliza pela Duplicação da Br 290 com manifestação no Piquiri

O ato Duplica Já BR-290, realizado nesta sexta-feira (9), na localidade do Piquiri, às margens da BR-290, Cachoeira do Sul, não poupou cobranças aos governo estadual e federal pela retomada das obras de duplicação da rodovia. No entendimento da Associação Brasileira de Usuários de Rodovias (Abur), somente pela mobilização de todos os segmentos, que haverá convencimento de que a 290 não pode ficar abandonada.

“Hoje a 290 é chamada de rodovia da morte”, disse o presidente da Abur, Gerri Machado, acrescentando que a buraqueira, falta de sinalização e o descaso do governo federal são fatores negativos que levam a acidentes em toda a sua extensão. “A 290 é a rodovia do Mercosul, mas no Brasil pouco foi feito, enquanto que na Argentina já fez a sua parte com a duplicação da continuidade desta BR”, salientou.

A manifestação no Piquiri reuniu políticos de toda a região, mas apenas três deputados estaduais: Valdeci Oliveira (PT), Luís Fernando Mainardi (PT) e Sérgio Peres (PRB). Vereadores de Cachoeira do Sul, Alegrete, Rosário, Caçapava, Butiá participaram do evento, assim como os prefeitos, André Lacerda e Sérgio Ghignatti, respectivamente, de Novo Cabrais e Cachoeira do Sul. Também prestigiaram a manifestação os prefeitos de Pantano Grande e São Sepé.

A mobilização pela duplicação da 290 também atraiu atenção de sindicatos de transportes de cargas, de trabalhadores da região carbonífera, Intersindical de Cachoeira do Sul e integrantes da direção do Sindilojas, do município.

RECURSOS

Duplica Já quer a retomada da duplicação desde Eldorado Sul até Pantano Grande. Pelos cálculos da Abur, são necessários R$ 100 milhões para a obra, mas para que aconteça o reinício do projeto é preciso mobilizar políticos e lideranças de toda a região, deputados da bancada gaúcha e o Ministério dos Transportes.

– A comunidade do Piquiri esteve representada por duas turmas do 8º e 9º da Escola Sagrado Coração de Jesus, além de moradores que protestaram contra a carga tributária. Além disso ficou acertado, que será enviado um documento ao Dnit solicitando a implantação de um controlador eletrônico na BR-290, no Piquiri.

– O prefeito Sergio Ghignatti foi ao Piquiri acompanhado do vice, Cleber Cardoso, e dos secretários Ronaldo Tonet e Paulão Trevisan, respectivamente, de Indústria e Comércio e Interior.

Converse com a Fandango