Fim de semana no Estado deve ser de extremos no clima

Após uma semana marcada por temporais , o sábado (6) será de tempo firme no Estado. Mas a trégua deve durar pouco. No domingo de eleições (7), parte do Rio Grande do Sul pode registrar chuva novamente.

— Terá de tudo um pouco —  afirma o meteorologista da Somar William Minhoto.

O sábado começa com céu claro, mas o frio dá as caras ao amanhecer. A previsão é de mínima de 4°C, em São José dos Ausentes, na Serra. Porém, a presença do sol ajuda a esquentar rapidamente. À tarde, em Iraí, no Norte, a máxima deve chegar a 28°C. O destaque deve ser a grande amplitude térmica do dia. A maior pode ocorrer em Santa Rosa, no Noroeste, onde os termômetros variam de 11°C a 26°C — uma diferença de 15°C. Há alerta de ressaca para todo o litoral do Rio Grande do Sul, com ondas de até 2,5m.

No domingo, o tempo firme predomina nas primeiras horas e o sol volta a aparecer.  No entanto, ao longo da tarde, novas áreas de instabilidade que se formam no interior do continente entram pelo norte e pelo oeste gaúchos, provocando chuva nessas regiões. Há risco de temporal, com possibilidade de granizo e vento de até 60km/h em cidades como Iraí e Frederico Westphalen. Nas demais áreas, o predomínio é de céu com poucas nuvens.

A temperatura da manhã aumenta um pouco no domingo. Pode fazer 13°C — a mínima do RS — em Uruguaiana, na Fronteira Oeste, e em Santa Maria, na Região Central. A amplitude térmica permanece em evidência: ambas as cidades marcam, também, a máxima do dia, que deve ser novamente de 28°C. Os termômetros de Porto Alegre ficam parecidos, com mínima de 14°C e máxima 28°C.

A tendência é de que a próxima semana seja de tempo instável, com previsão de chuva expressiva.

— Na terça-feira (9), há risco de temporal principalmente na Região Norte. O tempo volta a ficar firme em todo o Rio Grande do Sul apenas no outro sábado (13).

fonte Gaúcha/ZH

Converse com a Fandango