Magistério Municipal aceita proposta da Prefeitura de Cachoeira, de pagar o Piso a partir de Janeiro 2019

Uma assembleia geral extraordinária realizada nesta terça-feira (25) pelo Sindicato dos Professores Municipais de Cachoeira do Sul (Siprom) resultou na aprovação por unanimidade da proposta apresentada pelo prefeito Sérgio Ghignatti em relação ao pagamento do Piso Nacional para a categoria. De acordo com a presidente da entidade, Josie Rosa, a proposta aceira prevê pagamento a partir de janeiro de 2019. A Prefeitura de Cachoeira teria que pagar mais cedo mais tarde, tendo em vista que a Justiça havia determinado. Como não havia dotação orçamentária, foi proposto o pagamento para 2019.

Com a concordância, a Prefeitura remeterá o projeto de lei para a Câmara de Vereadores, “visando o estabelecimento do Piso Nacional do Magistério como padrão referencial básico da categoria a contar de janeiro de 2019, com a consequente remuneração para todos os professores municipais”.

Já os valores das parcelas vencidas decorrentes da aplicação do piso salarial devem ser quitados na forma legalmente prevista: expedição de precatório ou requisição de pequeno valor (RPV), com ressalva em caso de uma eventual impugnação quanto aos cálculos na apuração do montante.

Converse com a Fandango