Abertura da Semana da Pátria em Cachoeira foi nesta segunda-feira

O prefeito em exercício, Cléber Cardoso, abriu oficialmente nesta segunda-feira (03) a Semana da Pátria de Cachoeira do Sul, o evento deveria ter ocorrido no sábado, mas devido a chuva pela primeira vez na história recente da cidade foi adiado. A centelha que estava no 13º Grupo de Artilharia de Campanha – Grupo General Polidoro foi conduzida até a Pira da Pátria, na Praça Borges de Medeiros pelo atleta homenageado deste ano, o fisioterapeuta João Valmor Felzmann, natural de Estrela/RS.

A diretora da EMEF Dr. Getúlio Vargas Professora Carmem Siqueira apresentou o DTG Dr. Getúlio Vargas que realizou uma homenagem ao Tema Municipal: 70 anos da Secretaria Municipal de Educação, enfatizando também o tradicionalista Paixão Cortez, falecido no último dia 27 de agosto. Outro momento significativo foi a apresentação da aluna Gabriela Ferraz Borba  da Escola Municipal de Ensino Fundamental Dr. Getúlio Vargas

A secretária de Educação, Ana Margarete Vivian Machado, enfatizou que a Semana da Pátria tem entre as suas missões a de acender dentro de cada um a chama de amor à Pátria. “ Este é o grande momento para a educação municipal, ser este ano a homenageada do nosso município . E para mim uma grande honra por estar a frente dessa equipe. Completamos no dia 13 de julho os  70 anos, esta data  é  muito mais que uma comemoração é a comprovação de ter vivido 7 décadas pelo desenvolvimento da educação municipal”. destacou

DESFILE – Na próxima sexta-feira (7) acontece na Rua Júlio de Castilhos o desfile militar, cívico e estudantil a partir das 8h e 30 min, com 32 entidades confirmadas, a expectativa é que desfilem em torno de 4 mil pessoas. A centelha do fogo simbólico na Pira da Pátria ficará acessa até as 17h do dia 7 de setembro, quando acontece a solenidade de extinção do fogo simbólico. Neste ano é celebrado os 196 anos de Independência do Brasil.

Os temas

– Municipal: 70 anos da Secretaria Municipal de Educação.

– Estadual: os 100 anos do Tribunal de Justiça Militar

– Nacional: os 50 anos do Projeto Rondon.

Converse com a Fandango