Prefeitura de Cachoeira define na quinta-feira, se poderá pagar servidores em dia

A Prefeitura de Cachoeira do Sul ainda não sabe se poderá pagar integralmente os 2.500 servidores na próxima sexta-feira (31). A Secretaria da Fazenda contabiliza os repasses dos governos estadual e federal e, por isto, a dúvida porque o último recurso entrará no caixa na quinta-feira (30). A informação é da secretária da Fazenda, Viviane Dias, e foi dada durante entrevista no programa Rádio Repórter, da Rádio Fandango AM/FM, nesta terça-feira (28).

A Fazenda necessita juntar pelo menos R$ 6 milhões, que são o total da folha líquida. Com a bruta, o valor vai a R$ 8 milhões. Viviane Dias não revela quanto espera receber do repasse do governo federal para completar a folha. A secretária salienta que, por enquanto, o governo não pensa em parcelamento. “A ideia é que o valor a ser recebido complemente o que necessitamos e, desta forma, termos condições de efetuar o pagamento integral dos servidores”, observa.

Viviane Dias destaca que não existe um plano B. Esta alternativa seria o pagamento parcelado, que tem sido muito comentado nos bastidores. A dificuldade para reunir os recursos necessários para folha, conforme a secretária se deve pela diminuição dos valores dos repasses (ICMs e FPM) neste início do segundo semestre.

No entanto, pelo que a Prefeitura apresentou em recente reunião com as entidades empresariais, a baixa arrecadação se estenderá até dezembro. Mensalmente, a o governo necessita de ser cerca de R$ 13 milhões, mas está previsto arrecadar R$ 9 milhões até o final do ano.

Converse com a Fandango