Com o fim do recesso, Deputados e Senadores não aparecem em Brasília para trabalhar

Nesta quarta-feira (1º), primeiro dia de trabalho após o fim do recesso parlamentar, até as 11h da manhã apenas nove dos 513 deputados haviam registrado presença na Câmara dos Deputados que estão preocupados com as convenções partidárias.

 

Esforço concentrado

No Senado, os corredores também estão completamente vazios e na agenda da Casa não há nenhuma sessão convocada, reunião de comissão permanente ou temporária agendada.

Com o prazo até domingo (5) para a realização das convenções nacionais dos partidos, onde são oficializadas as candidaturas para as eleições de outubro, a expectativa é que deputados e senadores só voltem a Brasília nos dias de esforço concentrado.

Segundo o presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira (MDB-CE), a semana que vem e a última de agosto devem ser dedicadas a isso.

A pauta deve priorizar propostas “mais leves e menos polêmicas”, mas deve ser acertada em reuniões de Eunício e Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, com os líderes partidários, de suas respectivas Casas, na semana que vem.

Em setembro, os parlamentares também devem dar uma pausa na agenda de campanha para mais votação em esforço concentrado, mas a data ainda não foi definida.

A assessoria da Câmara informou que Rodrigo Maia está no Rio de Janeiro, sem compromissos oficiais. Eunício está no Ceará, mas a assessoria não divulgou a agenda no senador.

 

fonte Agência Brasil

Converse com a Fandango