Exportações caem 53% no primeiro semestre em Cachoeira do Sul

As exportações das empresas de Cachoeira do Sul, no primeiro semestre de 2018, caíram 53,58% em valor, com relação ao igual período do ano anterior.

Os dados divulgados nesta segunda-feira (9) pelo Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior também mostram uma significativa queda nos volumes exportados, de 33,3 mil toneladas em 2017 para 11,8 mil toneladas em 2018 (- 64,66%). O principal motivo para o baixo desempenho foi a ausência do farelo de soja – produzido pela Granol – na pauta das exportações cachoeirenses.

Nos primeiros seis meses as exportações de soja em grão somaram 5,5 mil toneladas, 8,33% a menos do que no primeiro semestre de 2017. Contudo, em dólar houve crescimento de 0,81%, em decorrência da valorização do produto de US$ 375 no ano passado para US$ 404 a tonelada (+ 7,80%) em 2018.

Converse com a Fandango