Professores e alunos do interior reclamam da demora para atravessar o Rio Jacuí

Professores e alunos que trabalham em escolas do interior de  Cachoeira do Sul, reclamaram através do programa Rádio Repórter da Rádio Fandango AM/FM nesta segunda-feira (9) da demora para utilizar a balsa que realiza a travessia no Rio Jacuí, entre a Praia Nova e Rua Moron. O coletivo ficou na fila para acessar a balsa por cerca de duas horas, desde as 7h.

“Mesmo sendo um ônibus escolar devidamente identificado, ficamos esperando”, alegou um professor, acrescentando que os coletivos escolares devem ter prioridade na passagem pela balsa e quem esta em carro sozinho tem que entender. Na região da Escola Sagrado Coração de Jesus os professores chegaram por volta das 10hs, o mesmo ocorrendo no Cerro dos Peixotos. Alunos que vem para o ensino médio na cidade, chegaram com 1h30 de atraso nas Escolas Estaduais, por volta de 14h30.

Os administradores da balsa alegam que ambulância, ônibus de linha e escolar têm prioridade, no entanto, devido o acesso à Praia Nova ser estreito e a falta de educação de motoristas de carroz,  causa congestionamento na hora do embarque ou desembarque. “Também estamos preocupados com esta situação”, disse Roman Garber, um dos diretores da Travessia Vitória.

Converse com a Fandango