Ponte do Fandango será interrompida a partir da próxima semana

A interrupção total  da Ponte do Fandango   deverá começar a  partir do dia 15 ou 16 de junho, quinta ou sexta-feira da próxima semana segundo  o engenheiro do DNIT   João Carlos Tonetto. Conforme ele informou, os trabalhos junto a Ponte do Fandango estão dentro do cronograma e fica faltando apenas a licença ambiental por parte da Prefeitura,  para construção do atracadouro junto as margens do Rio Jacuí na Rua Moron e Praia Nova, para que a balsa possa operar, o que atrasou o prazo de interrupção do dia 11 para 15 ou 16 de junho.

Por outro lado, a balsa que irá realizar a travessia está sendo montada.  Três partes da balsa já pode ser conferidas junto  às margens no Jacuí, no Bairro Aldeia. A estrutura está a cargo da empresa Transporte Travessia Vitória, criada pela parceria entre a Indústria Thor e Edi Simon, que já administra a balsa do São Lourenço. A finalização da estrutura deve ocorrer na quinta-feira, para que a Capitania dos Portos faça a vistoria da barca primeiro em terra no mesmo dia e na sexta-feira, nas águas do Rio Jacuí

Por enquanto, não existe nada de concreto sobre a gratuidade da travessia pela balsa. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) disse que não haverá cobrança, mas a Travessia Vitória ainda não dispõe de um comunicado oficial. Se houver a cobrança, o preço por veículo custará de R$ 14,00 a R$ 17,00.

Converse com a Fandango