Municípios procuram Ministério Público de Cachoeira para conhecer Projeto Cuidar

A promotora de Justiça de Cachoeira do Sul Maristela Schneider recebeu, durante esta semana, representantes dos Municípios de Porto Alegre, Dois irmãos, Butiá, Salvador do Sul, Arroio do Meio e Osório. Todos demonstraram interesse em iniciar a busca dos seus munícipes que estão acolhidos em Cachoeira do Sul, bem como conhecer o trabalho realizado em relação ao Projeto Cuidar.

Além disso, nesta quinta-feira, 27, compareceram alguns representantes dos Municípios da 13ª Coordenadoria Regional de Saúde, acompanhados dos Municípios de Vera Cruz, Venâncio Aires, Candelária, Vale do Sol e Rio Pardo, os quais também possuem pessoas institucionalizadas em Cachoeira do Sul.

Também estavam presentes no encontro um grande número de secretários municipais de saúde, procuradores e assessores jurídicos, técnicos da área da saúde, 8ª e 13ª Coordenadoria de Saúde, bem como a equipe do Núcleo de Assessoramento Técnico da Desinstitucionalização (Nat) de Cachoeira do Sul. Segundo a promotora, todos mostraram interesse em replicar o Projeto Cuidar e a criar dispositivos para atender esse público em seus territórios.

SRTs CONSORCIADAS

Maristela reforçou a necessidade de se fomentar a criação de uma rede de proteção efetiva de acompanhamento das pessoas com deficiência e idosos nos municípios de origem, principalmente os que necessitam ser buscados em Cachoeira do Sul. Fomentou, ainda, a criação de Serviços Residenciais Terapêuticos (SRT’s) de forma consorciada entre os municípios próximos, visto a necessidade de tal serviço ser instalado em município que tenha CAPS, sendo que nem todos possuem esse serviço.

Para os próximos dias, já estão agendadas reuniões com outros Municípios, como forma de conscientizar os gestores a replicar o projeto e efetivar a busca e acompanhamento das pessoas acolhidas nas casas irregulares de Cachoeira do Sul, fomentando o trabalho de cuidado individual e criação de políticas públicas nessa área.

Converse com a Fandango