Expoagro Afubra é aberta em Rio Pardo

Incentivar a diversificação das propriedades rurais, fortalecer e levar conhecimento ao agricultor e promover o desenvolvimento econômico do Rio Grande do Sul. Este é o objetivo da 18ª Expoagro Afubra, aberta oficialmente nesta terça-feira (20), no Parque de Exposições do município de Rio Pardo. O governador José Ivo Sartori participou da solenidade.

A exposição agropecuária, promovida anualmente, desde 2001, pela Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), em parceria com entidades públicas e privadas, traz novidades tecnológicas, práticas e manejos para facilitar o trabalho do agricultor, ampliar a produção e a renda. Nesta edição, a feira conta com mais de 400 expositores e traz o tema “Conservação do Solo”.

O governador Sartori falou que o tema da feira está em sintonia com o programa “Conservar para Produzir”, do governo do Estado, que já abrange cerca de 20 mil famílias. “Já tivemos mais de 250 eventos sobre a conservação do solo e da água, pois entendemos que essa consciência é fundamental para a sustentabilidade do setor”, enfatizou.

Ele também lembrou da importância de uma boa semeadura, que exige determinação e perseverança, relacionando com as mudanças plantadas no início do governo e que agora começam a dar frutos. “Fomos o primeiro estado no Brasil a perceber as dificuldades. Vencemos a desesperança e avançamos. Mexemos na estrutura do estado, implantamos um novo modelo de gestão, e agora estamos preparados para um novo ciclo de desenvolvimento econômico e social”, ressaltou Sartori.

O presidente da Afubra, Benício Albano Werner, afirmou que  a expectativa para este ano é superar as vendas da última edição que movimentou R$ 53,8 milhões em negócios e recebeu 92 mil visitantes, ressaltando que o principal é levar informação aos agricultores do Rio Grande do Sul. “O principal objetivo da Expoagro é a diversificação das propriedades rurais, para além de plantar tabaco produzir outros alimentos. Nossa maior expectativa não são os negócios, mas levar técnicas e conhecimento aos nossos produtores”, reiterou.

Werner também falou sobre a escolha do tema desta edição, que é a congregação do solo. Segundo o presidente, “o solo é um recurso que precisa ser conservado, com o uso das técnicas certas”.

A Expoagro Afubra segue até quinta-feira (22).

Converse com a Fandango