MP quer saber sobre aprovação de turno único na Prefeitura de Cachoeira

A promotora Maristela Schneider notificou a Câmara de Vereadores  solicitando cópia do projeto de lei de autoria do Executivo Municipal sobre a implantação do turno único na Prefeitura. Segundo destacado no documento, o prefeito de Cachoeira do Sul, Sérgio Ghignatti, foi alertado pelo Ministério Público (MP) sobre o assunto. O motivo foi a necessidade de manutenção de serviços essenciais e análise de custo benefício da medida. Outro pedido foi por mais justificativas, emendas e cálculo de previsão de economia.

A reunião com o MP a que se refere a titular da promotoria ocorreu em setembro quando a Promotoria questionou sobre a projeção de economia apresentada pela Prefeitura de R$ 70 mil.

Na sessão desta quinta-feira (14), a Câmara aprovou o projeto. A medida deve seguir até o fim de fevereiro de 2018.

Converse com a Fandango