RGE Sul investe R$ 14,35 milhões em Cachoeira

A RGE Sul, distribuidora do Grupo CPFL, investiu R$ R$ 14,35 milhões em obras que abrangem todos os pontos do sistema elétrico de Cachoeira do Sul. Ao todo foram 778 postes instalados, 81 torres metálicas e 56,03 Km de rede elétrica construída.

Do total aplicado, R$ 1,48 milhão foi destinado para obras de adequações das redes, substituição de postes, troca de transformadores, manutenção de religadores e reguladores de tensão, reforma de redes de distribuição, substituição de cabos de linhas já existentes. Mais R$ 700 mil foram investidos em obras de universalização urbana e rural, de núcleos habitacionais e aumento de Carga. Outros R$ 273 mil foram destinados à melhoria dos níveis de tensão e instalação de novos equipamentos para aumento da proteção da rede e interligações.

No mês de junho, por exemplo, a concessionária concluiu a construção da nova linha de distribuição de alta tensão de Candelária 2 a Cachoeira do Sul. A empresa instalou 201 postes e 81 torres metálicas com um aporte de R$ 11,9 milhões. “As melhorias oriundas desta obra beneficiaram clientes de Cachoeira do Sul e também Restinga Seca e Novos Cabrais”, diz o Consultor de Negócios da RGE Sul, Carlos Amorim.

Para este trabalho foram destacados mais de 90 profissionais, entre técnicos e engenheiros. “Essa linha de distribuição de alta tensão libera a capacidade da linha de distribuição de alta tensão Santa Cruz X Cachoeira do Sul, garantindo mais viabilidade operativa ao sistema, conforme o crescimento da demanda na região” complementa Leandro Nascimento da Silva, gerente de engenharia da RGE Sul.

Somente neste ano (de janeiro a setembro) a RGE Sul investiu R$ 267,8 milhões em obras e melhorias em todos os 118 municípios de sua área. O montante representa 42% a mais em investimento, comparado ao mesmo período de 2016, quando o valor aplicado foi de R$ 188,6 milhões.

Eficiência Energética

A RGE Sul avançou com Programa de Eficiência Energética em Cachoeira do Sul. A iniciativa, que tem como objetivo combater o desperdício de energia elétrica, já investiu R$ 56,23 mil no desenvolvimento de projetos educativos voltados à sustentabilidade no uso da energia.

De acordo com o gerente de Eficiência Energética do Grupo CPFL Energia, Felipe Zaia, o robusto investimento da companhia em eficiência revela a preocupação do Grupo em estabelecer uma cultura do uso racional da energia. “Nosso objetivo é estimular um consumo racional e consciente da energia elétrica, pois, além de contribuir para a sustentabilidade do planeta, gera também economia imediata na conta de luz dos consumidores”, afirma.

Converse com a Fandango