Cempra doa 7 cavalos apreendidos recuperados de maus tratos

O Centro Municipal de Proteção Animal de Cachoeira do Sul, ligado à Secretaria Municipal do Meio Ambiente, está realizando nesta semana a doação de 7 cavalos – 5 machos e duas fêmeas – para pessoas que se candidataram junto à ONG SOS Animais. A entidade de proteção animal foi quem fez o intermédio entre o Cempra e os interessados. Todos os animais foram apreendidos por estarem em situação de maus tratos, sendo que a maioria deles era usada para tração de carroças. “O proprietário tem um prazo para reaver o animal, neste caso, os proprietários não foram buscá-los”, explicou o secretário Geraldo Fogliarini, dizendo ainda que a Lei do Cempra permite que os animais sejam repassados às entidades que depois fazem as doações.

Depois de recolhidos, os animais passam por um período de quarentena e sãos e recuperados. A maioria chega ao local bastante debilitado e com dificuldade para interagir com as pessoas.

Todos os animais doados saem do Cempra com os exames do mormo e da anemia, vacinados contra a influenza e com a GTA – Guia de Transporte Animal. Dos 7 cavalos que vão para os novos lares nesta semana, 6 ficarão em Cachoeira e um irá para a cidade de Imbé.

Os novos tutores passam por entrevista e assinam um termo se responsabilizando pelos cuidados com o animal e são fiscalizados posteriormente pelo Meio Ambiente.

Nesta quarta-feira, a cachoeirense Graziele Marques foi até o DVS para buscar dois cavalos que ficarão sob seus cuidados na chácara que possui no Capão da Cruz. “Vão ficar livres e serão bem cuidados”, garantiu Graziele. A entrega foi acompanhada pela equipe do Cempra e pela primeira-dama, Vanessa Simon.

O secretário Geraldo Fogliarini pontuou ainda que “mais importante que recolher, queremos dar qualidade de vida para esses animais que já passaram por tanto sofrimento”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *