US 1 irá se mudar para rua Conde de Porto Alegre até o final do ano

A mudança de endereço da Estratégia de Atenção Primária (EAP) Central do prédio do INSS para futuras instalações deve ocorrer até dezembro deste ano. O novo endereço da unidade será na Rua Conde de Porto Alegre, nº 55, esquina com a Rua 15 de Novembro, em imóvel que já está passando por adequações em sua estrutura e em processo de locação pelo valor de R$ seis mil mensaisDecorrente de processo judicial movido pelo órgão federal contra a Administração Municipal a partir de fevereiro de 2013, a desocupação da área onde atualmente funciona a conhecida US1 está sendo negociada na esfera jurídica, com recente proposta do INSS, no último dia 27 de maio, de um prazo de seis meses a partir desta data.

Pelo projeto da nova sede, que já conta com parecer favorável do Conselho Municipal de Saúde desde o mês de março, as acomodações constarão de recepção, sala de acolhimento, sala de pré-consulta, três consultórios médicos, um consultório odontológico, salas de vacinas, curativo e telemedicina, copa, vestiário, banheiros, almoxarifado, expurgo e depósito de materiais. “Trata-se de um processo antigo, onde tanto o INSS e a Justiça entendem a relevância dos serviços lá acomodados e estão conduzindo tudo de maneira conciliatória. Estamos prezando que a mudança torne o serviço ainda mais moderno e seguro”, explica o secretário municipal da saúde, Marcelo Figueiró. Neste sentido, acrescenta o titular da SMS, “o proprietário já deu início à reformulação do novo imóvel, que deverá estar concluído até novembro ou dezembro para a mudança”.

PRINCESA DO JACUÍ

Outro serviço que deve seguir para o novo endereço, acrescenta o secretário, será um Centro de Atendimento de Baixa Complexidade, desta vez de forma efetiva, durante o horário de expediente do posto de origem. Em caráter provisório, a Secretaria da Saúde criou recentemente junto a EAP Central um centro nos mesmos moldes para auxiliar a UPA nas demandas extras criadas pela intercorrência de casos de Covid-19, dengue e doenças de inverno. “Neste serviço, aliás, atuará um dos cinco médicos que serão contratados, com o aval do prefeito José Otávio Germano, através de uma licitação entre empresas que ofereçam esta força de trabalho de forma terceirizada”, pontuou Figueiró. Entretanto, outra unidade em funcionamento no prédio do INSS, o Centro de Saúde Princesa do Jacuí, deverá seguir para estrutura distinta, ainda em tratativas, provavelmente na zona norte da cidade. O Princesa do Jacuí trata-se de um centro de especialidades, onde se oferecem curativos especiais, pequenos procedimentos cirúrgicos, tratamento para ostomizados, nutricionista, atendimento médico a diabéticos, fisioterapia e teste da orelhinha.

ATENDIMENTO CENTRAL

O planejamento para a nova EAP Central é de que o espaço passe a contar com três equipes de atenção primária, o que implica em incremento em recursos humanos. As EAPs têm composição diferente das equipes de Saúde da Família, sendo compostas minimamente por médico e enfermeiro, preferencialmente especialistas em saúde da família, podendo cumprir cada uma carga horária de 20h ou 30h. Todas devem atender às características e necessidades de cada município, além de seguirem as diretrizes da Política Nacional da Atenção Básica (PNAB). Outra novidade, acrescenta Marcelo Figueiró, é de que a liberação de uma quarta nova EAP ao município possibilite a instalação de um atendimento público de saúde centralizado à população, no prédio onde hoje estão operando os ambulatórios de especialidades do HCB na Rua David Barcelos, sem custo adicional, já que trata-se de imóvel locado pela Prefeitura Municipal.

Comente este artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Converse com a Fandango