Escolas Estaduais poderão aderir ao programa Escola Aberta até 30 de maio

A Secretaria Estadual da Educação (Seduc) informa que está aberto, até o dia 30 de maio, o processo de adesão das escolas estaduais ao Programa Escola Aberta para a Cidadania. As Coordenadorias Regionais de Educação (CREs) deverão repassar para a assessoria do Programa na Seduc a relação com os dados das instituições de ensino e a partir disso as escolas serão avaliadas.

Entre os requisitos para aderir estão: estar situada preferencialmente em áreas de vulnerabilidade social; oferecer o Ensino Fundamental completo, Ensino Fundamental e Médio ou Ensino Médio; possuir matrícula de, no mínimo, 200 estudantes; e contar com Círculos de Pais e Mestres (CPMs) ativos e regulares. A listagem final das novas escolas será divulgada em 01 de junho.

Escola Aberta para Cidadania

O Programa Escola Aberta para a Cidadania possibilita a abertura da Escola à comunidade aos finais de semana, desenvolvendo oficinas planejadas de acordo com as peculiaridades e necessidades de das escolas públicas estaduais, priorizando o protagonismo juvenil, a integração da escola com as famílias dos alunos e a comunidade, redução da evasão escolar e dos índices de violência, contribuindo para o desenvolvimento de uma cultura para a paz.

Atualmente a rede Estadual conta com 95 Escolas Abertas para a Cidadania, mantidas com Recursos do Governo Estadual, mediante celebração de Termo de Colaboração com os Círculos de Pais e Mestres (CPMs) das escolas.

Considerando a pandemia causada pelo vírus COVID-19, o Programa precisou ser ressignificado, passando assim a ser realizado em modelo híbrido a partir do desenvolvimento de conteúdos e criação de ambientes no espaço virtual.

Em 2022, o Programa Escola Aberta para a Cidadania completou 19 anos de atividades desenvolvidas na rede estadual com muito êxito na apresentação dos resultados.

Converse com a Fandango